Analisar, Blog,

Blog Corporativo: Quais métricas considerar na produção de conteúdo?

Por Penélope Vitória em 16 de agosto de 2017
Para saber se seu blog corporativo está dando resultados, você precisa de dados para fazer essa análise: métricas. Saiba quais são importantes neste artigo!
Leitura de 7 minutos
Blog Corporativo: Quais métricas considerar na produção de conteúdo?
5 (100%) 6 votes

O blog da empresa é uma ferramenta de poder. Um blog bem munido traz visibilidade para sua empresa, cria reputação e educa as pessoas a respeito do seu produto e mercado. Bem, tudo isso você já deve saber, não é?

Se você está aqui é porque acredita, ao menos um pouco, no valor que um blog pode trazer para sua empresa. Escrever para um blog empresarial – e escrever bem – não é uma tarefa fácil, principalmente porque você precisa levar em conta uma série de fatores para ser bem sucedido.

É como se você precisasse percorrer um longo caminho até encontrar o seu prêmio. Concorda que para receber seu prêmio (uma audiência engajada), você precisa de uma bússola? Ou até mesmo um mapa, para saber se você está fazendo o percurso certo.

Essa bússola ou mapa é o que eu chamo de métricas para produção de conteúdo. Uma vez que você as domine, será muito mais fácil fazer conteúdos de sucesso e, por consequência, ter um blog de sucesso. Me diga, você quer saber se os seus conteúdos dão resultado?

Então irei ajudá-lo(a) nisso 🙂

Seu blog corporativo tem temas de artigos atrativos?

Encontrando no Google Analytics: Comportamento > Conteúdo Site > Todas as páginas

blog empresarial marketing de conteúdo

Visitas na Página

Como o próprio nome diz, essa métrica serve para saber quais foram as páginas mais acessadas em um blog. Este dado é bem importante para identificar quais assuntos tiveram maior aderência da audiência, isto é, quais títulos foram mais atrativos e mais bem elaborados.

Visitas Únicas

Por meio dessa métrica, conseguimos saber se os usuários estão vendo as páginas apenas uma vez ou estão retornando até o site. Se tivermos um bom número de pessoas voltando para o site, provavelmente o conteúdo cumpriu seu papel de fazer a audiência “confiar” um pouquinho mais na marca.

Tempo de Permanência

A métrica de tempo de permanência está diretamente ligada às visitas da página. Se tivermos um bom assunto, um título atrativo e um conteúdo coerente, teremos por consequência maior tempo de permanência, pois as pessoas “gastarão mais tempo” lendo.
No gráfico abaixo, o menor tempo de permanência que temos entre os primeiros artigos é de 03:43, o que é ótimo. Para artigos de até 700 palavras, uma média de 2 minutos e meio de permanência é satisfatório.

métricas blog corporativo

Seu blog prende a atenção da audiência?

Taxa de Retorno

A taxa de retorno provém de outras duas métricas padrão do Google Analytics: a taxa de visualização de páginas únicas e a taxa de visualizações de página.

Usando o exemplo do primeiro gráfico do Analytics:

726 pessoas diferentes (visualizações de página única) viram o artigo sobre “19 filmes em Francês”. No entanto, tivemos 806 visualizações totais de páginas no site. Isso significa que, em média, 99 pessoas voltaram para ler o artigo, ou navegaram por outras páginas do site.

Taxa de retorno de 9,9% ao site, o que é considerado satisfatório.

Taxa de Rejeição

A Taxa de Rejeição é uma velha – se não a mais! – conhecida dos iniciantes em Marketing Digital. Pode até soar bem ruim que seu site tenha “rejeição”, mas essa métrica não funciona bem assim.

A Taxa de Rejeição nada mais é do que “uma saída do site sem nenhuma interação”. Isto é, a pessoa entrou no seu site, leu todo o artigo e saiu, pois muitas vezes era só isso que ela queria. Em blogs empresariais a Taxa de Rejeição deve ser analisada com muita cautela, pois em páginas específicas pode apenas representar que você não criou linkagens para outras páginas. Se a rejeição for em relação ao blog no geral, devemos analisar com mais calma.

Lembre-se de sempre analisar a Taxa de Rejeição cruzando com outras métricas, como quantidades de acesso (views).

Páginas vistas por visita

Podemos obter essa métrica observando as visualizações de página. A “Páginas vistas por visita” é bem útil se cruzarmos com as dimensões secundárias do Analytics, por exemplo.

Para exemplificar utilizaremos a dimensão de origem/mídia. Observe a imagem abaixo:

métricas blog google analytics


Na sua opinião, qual tipo de insight podemos ter?

Usamos como referência o mês de Julho. A , e posições do blog vieram do orgânico, certo? Considerando que estes mesmos usuários, vindos do orgânico, visitaram uma média de 50 páginas a mais, podemos afirmar que os usuários vindos deste canal são qualificados e engajam com o site.

Seu conteúdo está engajando?

Duração de sessão

Durante uma única visita, conseguimos ver quanto tempo os usuários ficaram em páginas específicas. Basicamente, a duração de sessão é a métrica que surge entre as “Visitantes Únicos” e o “Tempo de Permanência” no blog corporativo.

Comentários

Seu artigo recebeu comentários com dúvidas ou elogiando o conteúdo? Isso significa que ele surtiu o efeito desejado. Inclusive, já que entramos nesse assunto, comentários que não sejam referentes ao seu artigo e divulgam qualquer outra coisa, podem ser considerados spam. Você pode “barrar” estes comentários automaticamente, por meio da ferramenta de gestão de comentários Disqus.

Temos conversões?

As pop ups em artigos são um bom termômetro para saber se o seu artigo cumpriu sua missão de educar os usuários. Cada vez que um usuário pedir um contato, baixar um material rico no site ou assinar e-mails por meio de um artigo, você pode considerar que está surtindo efeito.

Como é e quanto custa a produção de conteúdo?

Ciclo para a publicação de um conteúdo

Quanto tempo leva para que um conteúdo seja publicado no seu blog? Por meio deste tempo, você consegue ter uma noção se a produção está sendo efetiva, ou se você está “gastando dinheiro”, e a frequência de publicação, um dos critérios mais importantes para o Marketing de Conteúdo funcionar, não está sendo cumprido.

Ciclo para a produção de um conteúdo

Essa é uma métrica de importância para medir se o tempo de produção de conteúdo está satisfatório. Por exemplo, se você planeja publicar um artigo por semana, mas recebe um artigo sempre com atraso, está perdendo tempo e dinheiro. Como falamos, a consistência é um dos fatores mais importantes para fazer o Marketing de Conteúdo funcionar!

E por fim, de quais canais vem o tráfego?

Encontrando no Google Analytics: Aquisição > Visão Geral

artigos blog da empresa

Como falamos anteriormente, não há como encontrar um caminho de sucesso na produção de conteúdo sem um norte. Agora vamos falar de um ponto muito importante: quais canais fazem mais sentido para o seu Marketing de Conteúdo?

Por conta dos interesses diferenciados de cada audiência, cada blog de cada negócio tem um canal que funciona melhor, e só produzindo conteúdo e analisando que descobrimos isso. O importante é sempre fazer testes nos canais que menos trazem tráfego e investir cada vez mais naqueles que já estão trazendo bons resultados.

No exemplo do gráfico acima, vemos um blog que conquistou um bom volume de tráfego orgânico especialmente por conta da consistência e disciplina na publicação de conteúdos, afinal, esse também é um importante fator de posicionamento nas SERPs, segundo as diretrizes de SEO.

A lição que podemos tirar disso?

O blog corporativo deve ser um projeto para cada empresa. Se a sua empresa já está apostando e acredita no potencial do Marketing de Conteúdo, tudo o que tem a fazer é sempre monitorar o desempenho e apostar em um gerenciamento disciplinado da produção e publicação de artigos. Quem sabe até contando com um parceiro especialista para garantir acessos ao blog e, claro, convertê-los em audiência!

Dúvidas? Pode mandar para cá! Até a próxima 🙂

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Penélope Vitória

Penélope Vitória

Planner Expert em Conexorama
Apesar de formada em Design Gráfico, sempre fui aficionada por comunicação. Quando conheci o Marketing Digital, soube que ele veio para ficar. Estou sempre em movimento e absorvendo conhecimento. Posso dizer que sou uma “engraçadinha” com um grande apetite!
Penélope Vitória
  • José Aldair Morsch

    Oi Penélope, seu artigo foi bem didático, simples e objetivo. Acompanho as publicações de sua empresa e percebo que sabem o que estão fazendo e escrevendo. Parabéns.
    Uma sugestão de correção de frase que coloco aqui apenas para contribuir com a qualidade do seu material está nos — canais de tráfego— onde está escrito: Agora nós falar de um ponto muito ….
    Abraço e bom trabalho para sua equipe!

    • Penélope Vitória

      Oi, Dr. Morsch.

      Fico feliz que tenha gostado. Nos esforçamos para criar conteúdos bem educativos e objetivos para os leitores do nosso blog 🙂

      Agradeço pelo comentário e, em especial, pela observação no texto. Sempre que tiver sugestões e questionamentos, manda pra cá.

      Outro abraço e muito sucesso!