Blog, Marketing de Conteúdo, Visitantes Qualificados,

Calendário Editorial no Marketing de Conteúdo: O que é e como criar?

Por Content em 7 de Abril de 2017
Para obter resultados na rotina de produção de Conteúdos, você precisa investir em estratégias integradas de longo prazo e aqui entra o Calendário Editorial. Confira!
Leitura de 4 minutos
Calendário Editorial no Marketing de Conteúdo: O que é e como criar?
5 (100%) 3 votes

Reinvenção. Palavra que acompanha o profissional do Marketing desde o início dos tempos. Independente do nível de habilidade ou tempo de experiência nesse mercado, todos procuram o “melhor jeito” de realizar tarefas – ferramentas novas, técnicas para experimentação, novos dados para serem considerados – e inovações surgem constantemente para fazer com que as pessoas realizem o que já faziam antes, com menor esforço, tempo e, é claro, com mais sucesso.

Um dos instrumentos mais confiáveis para contribuir com isso no Marketing de Conteúdo é o bom e velho Calendário Editorial. Sim, ele não faz os olhos brilharem como novos conceitos ou plataformas de social media. Mas para obter resultados na rotina de produção de Conteúdos, você precisa investir em estratégias integradas de longo prazo, atraindo, convertendo e retendo clientes. E é efetivamente aí que o Calendário entra.

Neste post, vamos dar uma olhada em como funciona o Calendário Editorial, por que precisamos de um e como produzi-lo. Vamos lá?

Começando pelo básico: o que é um Calendário Editorial?

Parece uma ideia muito simples, mas pode causar confusão – assim como eu já tive. Um Calendário Editorial não é formado simplesmente por conteúdos estabelecidos em datas. Ele é o roteiro de sua produção, um mapa direcionando cada Persona (para quem você quer vender), dentro do ciclo de engajamento (em que fase da compra o cliente se encontra) e nos canais que serão utilizados.

É uma ferramenta que permite que você:

  • Organize e armazene as ideias;
  • Planeje os próximos passos com consistência;
  • Otimize o processo criativo;
  • Reduza o gasto de seus recursos.

Como criar seu primeiro Calendário Editorial

1. Definição de metas

O primeiro passo para construir um Calendário é definir suas metas. Não adianta você ter um mapa em suas mãos sem saber exatamente aonde quer ir, não é? Fazendo isso, você especifica que tipos de conteúdos você irá precisar, para alcançar seus objetivos com mais facilidade e consistência além de atuar melhor na Jornada de Compra da sua Persona.

Alguns exemplos de metas a serem alcançadas são:

  • Ter mais tráfego;
  • Conseguir novos clientes;
  • Alavancar vendas;
  • Melhorar conhecimento da marca;
  • Aumentar conversões e ganhar mais leads.

2. O que ter em mente? Organizando o Calendário Editorial

Digamos que você terá uma planilha por ano, com uma aba para cada mês. Entre as colunas, você deve inserir dados como:

  • Título do conteúdo
  • Tipo de conteúdo (e-book, webinars, white papers, etc.)
  • Persona-alvo
  • Data de criação
  • Data de publicação
  • Ciclo de engajamento
  • Autoria do conteúdo
  • Canais (onde ele será publicado?)
  • Status atual (em produção, revisão, publicado)
  • Palavras-chave (prevenindo a repetição delas)

Se seu fluxo de trabalho envolver mais pessoas, provavelmente você sentirá necessidade de agregar mais informações sobre os conteúdos. Mas lembre-se: o Calendário Editorial é um instrumento de gestão. Sendo assim, ele deve ser o mais simples possível. Inclua elementos que irão facilitar o seu processo, não complicá-lo.

3. Estilo editorial: o Calendário ajuda nisso também

Até agora, vimos como planejar estratégias de conteúdo com o Calendário Editorial envolve muito o momento e o objeto que será postado. No entanto, existe uma outra utilidade importante na criação de um Calendário. Ao pensar no conteúdo em longo prazo, invariavelmente você vai também direcionar o tom e a linha editorial de sua produção, para que os criadores e editores de conteúdo tenham um guia para suas vozes – mesmo que você seja todas elas!

Isso também vale para políticas nas Mídias Sociais, o Calendário vai fornecer uma visualização mais clara de como responder e conversar nas redes. Considere que, coletivamente ou solo, manter a voz de sua empresa é direcionar como que a história dela será contada. Ser homogêneo nesse ponto transparece confiança, credibilidade e profissionalismo.

Com o Calendário, será bem mais fácil acertar o tom, o estilo e a qualidade – mesmo que novos redatores embarquem durante a trajetória de sua empresa.

4. Ferramentas para implementar o meu Calendário

Agora, onde produzir essa ferramenta? Existem aplicativos diversos que são capazes de colaborar você a criar um Calendário. Mas para um esforço inicial, uma planilha do Excel simples (ou no Google Suite, com as planilhas compartilhadas) e bem organizada será suficiente. Se preferir o modelo de calendário clássico você também pode usar o Google Calendar. O que for mais prático e rápido para implementação em sua empresa.

Para nossa agência, diante a importância de ter o calendário, além das vantagens de ter um calendário integrado com o processo de produção [pré] e com a publicação [pós], utilizamos a Contentools, que é uma ferramenta especializada em Marketing de Conteúdo.

Tem alguma sugestão sobre Calendários Editoriais? Conte pra gente nos comentários! Gostou desse artigo? Compartilhe em todas as suas redes!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Content

Content

Artigo produzido pela nossa equipe de Content Marketing.
Content