Blog, Links Patrocinados, Visitantes Qualificados,

Como anunciar com o Faceleads em seis passos

Por Roger Caetano em 17 de janeiro de 2017
Configurar uma campanha de Geração de Cadastro de Leads no FaceAds é muito simples, basta seguir seis passos. Confira!
Como anunciar com o Faceleads em seis passos
5 (100%) 4 votes

Desde que estreou em 2016, o Faceleads, ou Geração de Cadastros, virou o objeto de campanha queridinho para quem trabalha com Inbound Marketing e captação de Leads. O principal motivo é o fato dele pré-preencher o formulário na própria interface do Facebook, melhorando a experiência do usuário e encurtando o processo de captação.

O resultado óbvio disso é uma maior probabilidade de captação de Lead e um abatimento considerável do custo, além de um rendimento maior da campanha.

O melhor de tudo é que configurar uma campanha de Geração de Cadastros é bastante simples. Basta seguir esses seis passos. Confira!

1. Escolha o objetivo de campanha

Existem 11 tipos de objetivos de campanhas disponíveis atualmente para a maioria dos anunciantes do Faceads. Destas, a única opção que podemos usar é a de Geração de Cadastros, pois a seleção de formulário, que veremos mais à frente, só fica disponível para este tipo de campanha (sim, parece óbvio, mas é melhor do que escolher o tipo de campanha errada e descobrir isso lá no final do processo e ter que refazer tudo de novo).

2. Defina o seu público e região

Faceleads, assim como os demais tipos de campanhas do Faceads, trabalha com segmentação de público-base e região a ser anunciada. Ter um público-alvo  já bem definido só acelera o processo de obtenção de resultados.

Quero deixar duas dicas aqui. O público Look-a-like, ou “semelhante” em bom português, é uma maneira bem prática de chegar a essa definição, pois trabalha segmentando pessoas que tenham um perfil parecido com um público de amostragem, previamente selecionado.

A outra dica é quanto a segmentação de região. Se possível, selecione a maior amplitude regional possível que o seu negócio puder cobrir. Assim, o algoritmo do Faceads terá uma amostragem de pessoas maior para anunciar e encontrar aquelas com maior probabilidade de se encaixarem no perfil de público selecionado.

3. Defina quando pagar e quanto

Definir quando se deseja pagar é um segredinho para o progresso de sua campanha.  Na campanha de Faceleads é possível escolher pagar por clique ou por Lead. Muita gente acha prático escolher pagar apenas quando o Lead é captado, acreditando que pagar por clique é uma má opção.

Não é bem assim, pois se seu público mostra pouco volume durante a campanha, vale a pena testar pagar por clique, para que o algoritmo do Faceads identifique uma amostragem de quem tem maior probabilidade de clicar e, quando a campanha apresentar um volume significativo, passar a fazer testes de aquisição por Lead.

Para quem está nessa fase de mensurar amostragens, deixar o custo no automático é viável no começo, mas quando a campanha pegar ritmo, estabelecer um teto de custo por Lead ajuda a controlar o orçamento e avanço.

4. Faça o seu anúncio

O tamanho e estrutura não diferem dos demais anúncios do FaceAds. Mas uma coisa que deve ser dada a atenção é o botão CTA que acompanhará o rodapé. Escolha o que melhor identificar a oferta feita para o usuário.

5. Configure seu formulário

Finalmente vamos falar da parte mais importante deste artigo. O instrumento onde serão veiculadas as informações do Lead.

Não é difícil configurar o formulário e, na atual interface do Gerenciador de Anúncios, já possível fazer isto ao final do setup da campanha. Porém, existe um detalhe: o formulário é vinculado à página e não à conta de anúncios. Logo, é necessário usar a página correta para ter acesso a ele.

É possível escolher dezenas de campos que serão pré-preenchidos com informações do usuário, além de configurar perguntas personalizadas relevantes ao seu objetivo de negócio, tanto dissertativas quanto de múltipla escolhas. Porém, nunca deixe de colocar o indispensável; nome, email e telefone.

6. Integre, se possível, com o seu CRM

Em princípio, os Leads captados ficam armazenados na guia de formulários da página do negócio. Para tornar a vida mais prática, não faltam opções de integração com diversos sistemas de CRM disponíveis no mercado. Aqui vai um pequeno passo-a-passo para a integração com a plataforma RD Station que usamos aqui na Conexorama.

Primeiro você precisa ter uma assinatura do RD Pro, pois a Basic não aceita integrações. Além disso, ainda não foi criada a integração direta entre Formulários do Facebook e RD Station. Sendo necessário uma conta pro do software de integração Zapier.

Dentro do Zapier, você fará o acesso à sua conta do Facebook e escolherá a página e o formulário de onde serão baixados os Leads. Feito essa parte da integração, será feito um teste de envio de Lead e, se tudo estiver ok, se dará o procedimento para a integração com o RD Station.

A parte mais complexa vem agora, pois será preciso veicular cada pergunta do formulário do Facebook as perguntas pré-cadastradas no RD Station.

Será preciso dar acesso ao RD via Zapier e lá configurar a integração do formulário. Quem está fazendo isso pela primeira vez pode se perder quando não consegue encontrar o campo para a sua pergunta personalizada. Isso é facilmente resolvido selecionando a opção Custon Value.

Terminando esse último procedimento, é só acionar o Zapier e voilá! Sua campanha de Faceleads está integrada ao RD Station, automatizando e facilitando a sua rotina de atrair, converter, relacionar e analisar seus Leads.

E você, já ativou essa frente no seu FaceAds? Deixe o seu comentário com dúvidas e sugestões para continuarmos debatendo.

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Roger Caetano

Roger Caetano

Head of Ads em Conexorama
Jornalista por formação e inbound marketer por demanda. Gosta de games, documentários e ler sobre ciência, política e economia. Também faz cerveja em casa.
Roger Caetano