Blog, Email Marketing,

7 dicas simples e rápidas para escrever emails incríveis

Por Izadora Schmitt em 25 de maio de 2018
Neste artigo você aprenderá dicas incríveis para escrever de forma que agrade toda sua base. Vamos nessa?
Leitura de 6 minutos
7 dicas simples e rápidas para escrever emails incríveis
5 (100%) 1 vote

Não temos dúvida que e-mail é um canal de comunicação super poderoso dos dias atuais, não é verdade? Ainda mais quando falamos em números de usuários, eles inclusive ultrapassam os das redes sociais. De fato, todo mundo tem e-mail!

Deve ser por isso que diariamente somos bombardeados de e-mails na nossa caixa de entrada. Mas, por conta da rotina atarefada, é necessário filtrar o que é e o que não é importante. Muitas vezes, acabamos passando o olho em alguns e-mails que nos parecem ser tão automático que logo movemos para lixeira.

É preciso ter em mente ao enviar um e-mail que além de ocupar espaço na caixa de entrada de quem o lê, ele toma o seu tempo. Por isso, o conteúdo tem que ser realmente relevante e do interesse do leitor. No caso, para despertar sua atenção o e-mail enviado tem que ser bom, interessante e nada menos que incrível! Assim, além de ler até o final o usuário sem titubear converte no link sugerido.

Neste artigo você aprenderá dicas incríveis para escrever de forma que agrade toda sua base. Vamos nessa?

1 – Personalize na hora de escrever um e-mail

Quer se aproximar do seu leitor? Escreva de forma direcionada à ele. Em vez de escrever de forma geral, você pode o chamar pelo primeiro nome, por exemplo.

Imagina um primeiro encontro, o primeiro passo é cumprimetar e se apresentar, correto? É quase a mesma coisa quando você envia um e-mail. Você tem que ser ser educado com o seu leitor. Fale com ele de forma simples, de forma que ele ache que um colega está enviando um e-mail, assim dificilmente o usuário esquecerá da experiência que ele teve com a sua empresa.

Além da cordialidade que você deve praticar com o usuário, tem outros fatores que personalizam seu e-mail, como por exemplo um excelente design na criação do email.

Você nunca ouviu aquela expressão que uma imagem fala mais do que mil palavras? A identidade visual do seu e-mail pode ajudar na comunicação e trazer personalidade para a mensagem que você quer passar.

2 – Evite textos chatos, os quais nem você gostaria de ler

Quando mandamos textos longos, cheios de informações desconexas e focando só em nós mesmos, estamos praticamente dizendo ao leitor “Eu não me importo com o seu tempo”. Seja breve, conciso e muito criativo.

O seu leitor precisa saber do que se trata este e-mail e o quanto ele agregará na sua rotina. Assim, o leitor te acompanhará até o final e ficará satisfeito sempre que receber uma nova mensagem sua na caixa de entrada. 😉

Uma dica, que funciona bem aqui na Conexorama é escrever os e-mails e no fim ler como se fosse nós que tivéssemos recebido aquela mensagem. Assim, é possível fazer uma reflexão se aquela mensagem é envolvente e faria eu ler até o final.

3 – Ei, psiu. O foco não é você!

Muitas campanhas de e-mail marketing iniciam a conversa “empurrando” descaradamente algum produto ou serviço ao leitor. Esquecendo de valorizar aquele espaço tão precioso com o usuário.

Já falamos aqui que o tempo é precioso, correto? Por isso, cada segundo do seu leitor é importante e deve ser valorizado. Não saia por aí vendendo o seu peixe, primeiro mostre para o usuário os benefícios (reais, ok?) e as vantagens, de forma clara, da solução que você está oferecendo. Ou seja, tenha sempre em mente as necessidades do leitor e tente se empenhar ao máximo em descobrir o que a sua empresa pode fazer por ele.

Lembrando que o leitor precisa de atenção e você é a pessoa que dá essa atenção a ele, entendeu? Mostrando quanto ele será beneficiado e que o seus problemas terão fim, se ele seguir com você. Assim, você cria uma relação e faz com que aquele leitor, vire um cliente e se torne um possível defensor da sua empresa, afinal, ter clientes satisfeitos é a arma “secreta” do marketing!

4 – Assunto do e-mail

Sim o assunto faz parte do e-mail e é o primeiro contato que você terá com o leitor então, capriche!

Não adianta você criar um assunto que não tenha nada a ver com o tema do seu e-mail. Ou, criar uma expectativa para quem lê e não cumpri-la no decorrer do seu texto. Além de deixar seu leitor frustrado, você irá anular toda ação daquele e-mail, pelo simples fato do assunto não “conversar” com o resto da mensagem. Entendeu?

Faça perguntas estimulando a curiosidade, seja específico, use palavras chaves que farão com que o seu usuário identifique de imediato do que se trata aquele e-mail.

Se for preciso, crie um teste A/B para saber quais assuntos estão sendo mais aceitos pela sua base.

5 – Escreva de forma clara

Nada adianta você mandar um e-mail que não se comunique com a sua persona, correto?

Como por exemplo, escrever de forma robusta fazendo com que o leitor fique sem entender diversas expressões usadas por você e se perguntando “Como eu vim parar aqui?”. Ou, em contrapartida, escrever um texto sem sentido, informal demais para sua persona e repleto de erros de português. Já falamos sobre como evitar erros de português em email marketing e vale conferir essa dicas também…

Isso, com certeza tira a credibilidade da informação que você quer passar, além de mostrar que você não tem conhecimento sobre sua base. Lembre-se, não podemos desperdiçar a chance com nosso Lead, seria muito chato ele ler seu e-mail e não entender.

6 – Seja persuasivo

Como falamos nas dicas anteriores, seja breve, vá direto ao ponto, seja claro e amigável com seu leitor. Mas, não deixe de ser persuasivo, tenha um objetivo traçado com aquela comunicação na hora de redigir seu e-mail.

Quando você estiver escrevendo o seu texto é preciso colocar emoção em cada palavra, não veja como algo simples e rotineiro de ser feito.

Entenda que através daquele e-mail, você poderá atrair mais visitantes e terá a chance de se relacionar ainda mais com a sua base. Por isso, pensar numa tática ao planejar sua campanha é muito importante e essencial.

7 – Frequência importa sim!

Agora que você já sabe como fazer um e-mail incrível, não desperdice, ok?

Já imaginou, ter o trabalho de planejar e criar campanhas de e-mails e errar bem na frequência que você vai disparar suas mensagens?

Seja ela de forma demasiada que incomoda e faz com que o leitor comece a ignorar suas mensagens, inclusive mandando diretamente para a lixeira. Afinal, será só mais um de muitos, não é mesmo? E, ao mesmo tempo, se você aparecer uma vez ou outra na caixa de entrada do seu usuário, fica sem sentido e sem força sua ação.

Achar o equilíbrio dentro do seu segmento é ideal para ser assertivo e promover excelentes campanhas e isso vale tanto para a frequência como para tudo que vimos até aqui.

Espero ter ajudado com essas dicas e que a partir de agora, você consiga se destacar e atingir vôos altos com excelentes resultados.

E você tem mais alguma dica simples e rápida que utiliza na hora de escrever os e-mails? Deixe um comentário! 🙂

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Izadora Schmitt

Izadora Schmitt

Se redescobrindo no marketing digital, apaixonada por comunicação, viagens e netflix. Acredita na mudança do ser humano e em um mundo melhor!
Izadora Schmitt

Últimos posts por Izadora Schmitt (exibir todos)