Blog, Growth Hacking, Inbound Sales,

Como a Inteligência Artificial impacta no Marketing Digital?

Por Penélope Vitória em 31 de maio de 2017
Saiba quais são os principais benefícios, onde estão presentes e as principais tendências da Inteligência Artificial no Marketing Digital!
Leitura de 7 minutos
Como a Inteligência Artificial impacta no Marketing Digital?
5 (100%) 5 votes

Não é segredo para ninguém que o uso de IA (sigla para Inteligência Artificial) vem crescendo cada vez mais rápido. Esse fato não se restringe apenas ao Marketing Digital, mas ao mercado como um todo.

Prova clara disso é a Inteligência desenvolvida pela IBM, que facilita muito a tomada de decisão, compreende parábolas e consegue dar diagnósticos com uma rapidez absurda. Watson, o nome dado à IA da IBM, chegou para revolucionar mesmo a análise em massa de dados.

Por ser um tema muito novo e até “impactante”, existe, com certeza, um imaginário muito fértil em torno da nova geração de IAs. É pra desmistificar muito coisa e trazer informações que estimulam o mercado do Marketing Digital, que resolvemos fazer o artigo de hoje. Nos acompanha?

Quais os principais benefícios da Inteligência Artificial no Marketing Digital?

Tomadas de decisão mais rápidas e assertivas

Se antes um médico demorava 1 mês para ter certeza de uma doença rara, hoje, algumas soluções que utilizam IAs conseguem fazer isso em minutos. Não seria diferente no Marketing Digital, onde a própria Google já utiliza IAs há muito tempo nos algoritmos do buscador.

Isso é especialmente rico para os Analistas de Adwords, que já contam com vários recursos adicionais para anunciar na ferramenta. As IAs têm trazido qualidade às análises e a tendência é de que, com elas, os investimentos sejam cada vez mais inteligentes.

Automação: Liberar a equipe do trabalho operacional

Não é verdade que as IAs chegaram para substituir todo o capital humano. Com certeza deverá haver uma certa “reestruturação” no mercado, que resultará no surgimento de novas profissões e na extinção de outras.

O lado positivo disso é que as pessoas deverão se especializar mais e também serão melhor remuneradas ao se liberar de tarefas essencialmente simples e operacionais. Futuramente, a tendência é de que a Automação de Marketing que conhecemos, esteja pronta para fazer otimizações automáticas, excluindo a necessidade de otimizações manuais e nem sempre certeiras. Não se trata de dependência tecnológica, mas sim, de união de forças.

Maior qualidade no serviço = Maior receita

Com a redução de erros em tarefas simples, a receita das empresas com certeza aumentará. Os ChatBots são bons exemplos disso: o robô não deixa passar o contato com visitantes de sites e armazena todas as respostas em sua base de dados.

Algumas Inteligências Artificiais também são capazes de prever o comportamento dos usuários. Com isso, poderá se tornar muito mais fáceis as recomendações de artigos e Materiais Ricos em páginas, que hoje são feitos quase sempre manualmente.

Consegue imaginar como isso pode ser bem aproveitado para nós, profissionais de Marketing? O tiro é certeiro!

Como as IAs estão presentes no Marketing Digital atualmente?

Mecanismos de Busca

A Google nunca apostou tanto em IAs como tem feito atualmente. É por isso que a experiência do usuário ao fazer buscas é cada vez mais intuitiva e certeira.

Isso é especialmente importante para os Analistas de SEO, que deverão estudar em uma velocidade ainda maior a evolução dos algoritmos do buscador. Mais adiante, explicaremos a influência das IAs em buscadores como o Google.

ChatBots

Os ChatBots você conhece, certo? Os ChatBots são programados para “simular” um atendimento humano. Por meio da automação de atendimento, as equipes de vendas centralizam os dados de contato e não perdem nenhum “Lead quente” que visita o site.

O robôzinho dos ChatBots pode ser acompanhado pelas equipes comerciais em tempo real ou não, até porque interpreta perguntas e responde sem erros e nem delongas.

Recomendação de Conteúdos e Produtos

Utilizando-se da Machine Learning – que explicaremos mais adiante – os e-commerces poderão indicar com uma exatidão muito maior produtos e conteúdos relacionados às preferências do clientes.

Atualmente, já existem alguns softwares que conseguem criar vitrines virtuais muito assertivas por meio de IAs. A SalesForce criou um sistema de recomendação de produtos por e-mail, chamado de Commerce Cloud Einstein, que promete aumentar a conversão em até 5x. Incrível, não?

Gerir redes sociais

Para ter relevância no seu negócio, nada mais efetivo do que estar presente nas redes sociais em que o seu público está, certo?

O Stilingue é um software especial. Ele foi criado para resumir o gênero que mais engaja, os interesses, o comportamento, os termos e até mesmo dar um panorama geral de todas as Redes Sociais em que uma marca está presente.

A grande vantagem do software é que ele monitora e centraliza dados, dando um diagnóstico muito mais rápido e preciso do que precisa ser melhorado/alterado e, claro, de onde é mais importante anunciar.

Quais são as principais tendências de Inteligência Artificial atualmente?

Machine Learning

A Machine Learning – ou Aprendizado das Máquinas – já é estudada há muito tempo. Ela surge do conceito de que é possível fazer as máquinas aprenderem sozinhas, ao invés de ensiná-las.

A Machine Learning possibilita que algoritmos aprendam e criem seus próprios padrões e agrupamento de dados. Aplicando esta tecnologia aos softwares, torna-se possível que  consigam ter insights e formulem uma hipótese sem uma programação prévia.

O processo de aprendizagem pode acontecer de duas maneiras: com reconhecimento supervisionado ou não. A diferença entre as duas vertentes é que a primeira permite que a IA organize o que foi treinada para organizar, enquanto a segunda consegue criar. Fantástico!

Mas como encontramos a Machine Learning no Marketing Digital?

Bem, em quase tudo que as pessoas fazem na internet atualmente. Nos resultados de pesquisa na web, na filtragem de spams de e-mail (Gmail principalmente) e nos anúncios em tempos reais (web e mobile).

Deep Learning

A tecnologia da Deep Learning – uma das vertentes da Machine Learning – funciona como uma “varredura” profunda de dados, por meio das chamadas “redes neurais”. As camadas das redes tem a capacidade de trabalhar com bibliotecas gigantescas de dados, dentre as quais, podemos citar o banco de Tweets do Twitter e o banco de páginas e imagens do Google. É por isso que a Google é uma das empresa precursoras do Deep Learning e a utiliza fortemente em seus algoritmos.

A função de reconhecimento facial do Facebook é outro exemplo de Deep Learning. A Inteligência Artificial evoluiu tanto nos últimos tempos que já consegue reconhecer traços faciais ocultos (por óculos de sol, lenços, chapéu, entre outros acessórios).

Neste cenário, a Deep Learning atua como uma extensão da memória humana, principalmente nos momentos em que demonstra reconhecer informação complexas, e não apenas padrões pré-definidos.

Processamento de Linguagem Natural

O processamento de Linguagem Natural é uma das vertentes da Inteligência Artificial, que tem como premissa estudar a linguagem tanto falada como escrita.

Se você utiliza iPhone com certeza sabe do que estou falando: a sua assistente de tarefas, a Siri, trata-se de um filhote da tecnologia de processamento de linguagem natural.

O posicionamento da Google em relação à linguagem natural é um pouco conflitante. A empresa não acredita no desenvolvimento do processo de linguagem para os mecanismos de busca, mas afirma utilizá-la em seus mapeamentos de termos.

Facilmente percebemos essa tendência quando fazemos uma pesquisa no buscador nos dias de hoje. Se digitarmos “impeachment michel temer”, poderemos receber notícias atualizadas sobre as decisões do congresso e sobre a própria Lava Jato.

Iremos ainda mais longe com as IAs

As soluções de Inteligência Artificial estão entrando com cada vez mais força nos mercados. No que diz respeito ao Marketing Digital, cabe aos profissionais estudá-las e utilizá-las a seu favor para conseguir os melhores resultados.

Implicitamente, já encontramos IAs em quase tudo que fazemos na internet. Isso nos diz que existe um caminho de longo conhecimento para os Analistas de Marketing Digital e uma previsão muito positiva no que diz respeito ao desenvolvimento do mercado. Estamos chegando cada vez mais longe.

E você? O que acha da abrangência das IAs na Internet? Compartilhe conosco a sua visão das IAs para o mercado em que atua!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Penélope Vitória

Penélope Vitória

Planner Expert em Conexorama
Apesar de formada em Design Gráfico, sempre fui aficionada por comunicação. Quando conheci o Marketing Digital, soube que ele veio para ficar. Estou sempre em movimento e absorvendo conhecimento. Posso dizer que sou uma “engraçadinha” com um grande apetite!
Penélope Vitória