Blog, Leads, Redes Sociais,

O que atualizar em uma Rede Social?

Por Camila Rosa em 18 de agosto de 2017
Conheça os tipos de conteúdos que podem ser publicados e como você pode explorar cada Rede Social!
Leitura de 8 minutos
O que atualizar em uma Rede Social?
5 (100%) 4 votes

Quando sua empresa decide que vai ter um perfil em uma Rede Social e explorar o Marketing Digital, é prioridade analisar se as estratégias e o tipo de negócio são coerentes com o modelo da rede e principalmente o público que está dentro dela.

É fundamental conseguir enxergar em qual Rede Social sua empresa se encaixa melhor. Entretanto, para que este processo se torne mais fácil, nós te ajudaremos a entender quais Redes Sociais participar, além de saber o que você deve atualizar em cada uma delas. Acompanhe!

Ter menos perfis é ser mais estratégico

Em qualquer circunstância de nossas vidas, sempre existe um “porém”. No caso das Redes Sociais, o obstáculo que enfrentamos é determinar em quais delas sua marca estará presente. Jamais pense em colocar sua empresa em todas redes que existem, é improvável que sua equipe  conseguirá dar conta de administrar tantos perfis e com certeza o resultado não será satisfatório.

Quando almejamos muitas coisas, geralmente não conseguimos ter sucesso em tudo. Esse mesmo princípio é válido também para as Redes Sociais, é preciso ser objetivo e assertivo sobre a sua decisão para aplicar investimentos e táticas em uma Rede Social ou no máximo, três.

Faça uma apuração de qual Rede é mais compatível com seu negócio e decida se você apostará em mais de um lugar. Evite desperdiçar seu tempo com algo que não seja conveniente para o seu negócio: se quiser investir e criar um perfil em outros lugares, estude, pesquise e veja se realmente vale mesmo a pena estar presente em outro canal.

Após designar a Rede Social que sua marca estará presente, é essencial avaliar os concorrentes, definir as métricas que serão analisadas, estabelecer suas metas, frequência de postagem e, principalmente, determinar os tipos de conteúdos que serão publicados na rede social escolhida.

Para entender mais sobre esse contexto, indico a leitura do nosso ebook Guia das Redes Sociais para as empresa. Será uma leitura bem completa.

Conteúdos para cada Rede Social

Facebook:

Começamos com a Rede Social mais importante e usada dos últimos tempos. O Facebook, que além de ter o maior número de usuários do mundo hoje, detém muitos negócios que dependem totalmente dos seus recursos para captar Leads, fechar vendas e ampliar sua marca virtualmente.

Pelo número de usuários existentes nessa Rede Social, você já deve ter imaginado a quantidade de conteúdos e de troca de informações que são compartilhadas dentro dela. A concorrência é grande e organicamente (sem investimentos em Facebook Ads) pouco sua marca é disseminada pela

rede.

Os conteúdos produzidos para divulgar no Facebook – e de qualquer Rede Social – devem ser factuais, educativos e de extrema relevância para que os usuários não apenas visualizem o conteúdo mas que cliquem, compartilhem, demonstrem interesse e procurem pelo serviço ou produto que está sendo ofertado.

Maior parte das empresas que estão do Facebook compartilham, em suas Fan Pages, artigos que são produzidos (internamente ou por plataformas de geração de conteúdo) para o blog, materiais ricos (eBooks, webinars, templates, planilhas), eventos da empresa e de parceiros, materiais de co-marketing e guest posts.

Twitter:

Essa rede social limita as suas publicações chamadas de “tweets” em apenas 140 caracteres. Aqui o perfil do seu negócio precisa ser fomentado de informações breves, limitadas e chamativas que direcionam a Persona para o seu site ou que gerem interações com eles no próprio Twitter.

O Twitter é usado por muitas empresas porém, um número considerável destas que possuem perfil na rede não atualizam, não seguem seus Leads ou clientes e não debatem assuntos entre seus parceiros ou pessoas que são referência no mercado que a sua empresa se encontra.

É uma Rede Social que possui muitas vantagens para empresários mas exige maior dedicação e tempo o que acaba tornando-a menos acessada e pouco explorada por seus usuários.

Geralmente, são atualizadas com frases curtas acompanhados de imagens e links para o site da empresa, pequenos takes de vídeos, chamadas para eventos, conteúdos menos densos.

O artifício dessa Rede é ser impactante e breve ao mesmo tempo, algo que muitos não sabem aplicar e por não obterem resultados imediatos, desistem de atualizar este canal.

É primordial que sua empresa averigue se é conveniente ter um perfil ou não, ressaltando que esta análise deve ser feita em todas redes que você pensa em inserir sua marca.

Ainda nesse assunto, escrevemos um artigo onde explicamos o motivos para sua empresa ainda utilizar o Twitter, que indico como leitura complementar.

LinkedIn

É uma Rede Social totalmente corporativa e indispensável para empresas com foco em vendas B2B. As empresas possuem uma Company Page (uma página somente de empresas) vinculada com uma conta pessoal, para compartilhar assuntos gerais e também materiais para educar e gerar Leads.

Dentro da Rede, é possível explorar os grupos existentes do LinkedIn (esta ação ainda é feita somente pelo perfil pessoal) que sejam relacionados ao mercado que sua empresa está e grupos onde as suas personas estão.

Uma boa alternativa é a criação de um grupo (direcionado aos assuntos do seu mercado) que abre a possibilidade de convidar seus Leads para acompanharem atualizações semanais de novos conteúdos que você está produzindo e também enviar um email semanal notificando os participantes do grupo sobre as novidades.

Quais os formatos de posts usar na hora de atualizar a sua Rede Social?

Quando você for atualizar as Redes Sociais, é importante que entenda os tipos de postagens que você pode fazer. Eles estão ‘catalogados’ em três formatos:

1 – Social post

Basicamente uma das atualizações mais indispensáveis para sua Rede Social, o Social Post é uma breve chamada com link para o blog da sua empresa. Esta publicação irá atrair visitantes para o seu blog, onde lá eles poderão conhecer os assuntos que você domina, suas especialidades e o serviço que você oferece. Abuse da sua criatividade para fazer posts e imagens atrativas para o seu leitor clicar e se interessar no seu artigo!

O Social Post é a postagem que nós da Conexorama utilizamos em nosso método de atendimento. Justamente porque o objetivo dela é fazer com que o visitante saia da Rede Social, e vá até o site (para ler o artigo do blog ou baixar o material). Logo assim ele é tem uma função muito claro de Funil de Vendas no Inbound Marketing, que nesse caso é trazer visitantes para o site.

2 – Curadoria de conteúdo

Fazer curadoria de conteúdos é uma estratégia delicada porém, pode trazer bons resultados. Na prática, o que precisa ser feito é adequar, redigir e editar um conteúdo antigo com a linguagem da sua marca  focada para suas Personas, ou seja, você precisa “misturar” um conteúdo já existente com um novo.

Quando existem gargalos na sua produção de conteúdo a curadoria é uma opção comum escolhida para não desfalcar suas atualizações semanais em seu blog e Rede Social.

Contudo, o ideal para uma empresa é não utilizar a Curadoria de Conteúdo como um desvio do Marketing de Conteúdo, em outras palavras, utilizar as Redes para ficar postando notícias de outros lugares é levar a sua base para outros sites, quando o mais indicado seria encaminhar justamente para o seu site (por isso fazemos mais o Social Post).

3 – Marketing post

Esse tipo de publicação é a mais “queridinha” das Redes Sociais.  Aqui podemos dizer que o Marketing Post tendo a ser observado pelas Métricas de Vaidade, o que faz justamente esse formato ser tão querida por quem não entende do Marketing de Resultados.

Contudo, é válido esclarecer que esse tipo de publicação causa boas impressões (viralização) e valorizam o branding (percepção) da empresa.

Bons exemplos de Marketing Post são: assuntos polêmicos, citações, perguntas, memes, histórias, gifs, datas comemorativas, etc. A quantidade de temas que podem ser abordados nesse tipo de postagem são infinitos, basta você inovar e colocar em exercitar a sua imaginação! 🙂

Mas cuidado, o Marketing Post, assim como a Curadoria de Conteúdo, acaba sendo também um desvio de não fazer o dever de casa (tendo um Marketing de Conteúdo) rotineiro e de qualidade.

Se você pesar que sua empresa precisa ter artigos no blog, entenderá que começará com o Social Post. Às vezes utilizará a Curadoria de Conteúdo. E quando for possível fazer o investimento alto, para fazer algo extremamente inovador, que chame atenção, com potência de viralização, será então o momento de fazer Marketing Post.

Por isso, a minha mensagem final é que as Redes Sociais estão na internet para serem exploradas da melhor forma possível, quando aplicamos esforços e métodos (como os que citei acima) sua empresa tem mais chances de conquistar autoridade no âmbito digital e gerar além de visitantes, Leads qualificados para seu funil de vendas, branding e relacionamento como autoridade.

Atualize frequentemente suas Redes  com os conteúdos de qualidade que o sucesso logo baterá na sua porta!

Surgiu dúvidas? Comente abaixo, permaneço à disposição para respondê-las! 😉

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Camila Rosa

Camila Rosa

Social Media Expert em Conexorama
Amor pela natureza, praia, animais e Floripa. Apaixonada pela comunicação, Marketing Digital e Social Media.
Camila Rosa