Blog, Geração de Leads, Landing Pages,

O que é e como criar um banner CTA para divulgar o seu eBook?

Por Content em 24 de fevereiro de 2016
O processo de construção dos banners de divulgação de Materiais Indiretos para cativar a atenção do usuário e induzindo-o a realizar uma ação.
Leitura de 5 minutos
O que é e como criar um banner CTA para divulgar o seu eBook?
5 (100%) 10 votes

Quando um eBook é criado, as equipes de Marketing e Design devem se dedicar para projetar, em conjunto, um bom texto, projeto gráfico e Landing Pages. Porém, isto não é certeza de sucesso nas conversões.

Outros fatores influenciam na prosperidade do seu material e número de downloads realizados. Entre eles, a qualidade do banner de divulgação do material.

Por isso, neste artigo daremos algumas dicas para um bom processo na construção dos banners de divulgação de materiais indiretos, que podem contribuir para deixá-los mais atrativos e funcionais, cativando a atenção do usuário e induzindo-o a realizar uma ação. Confira!

O que é um CTA (Call-to-Action)?

Nas atividades de Marketing Digital é comum a utilização de CTAs. Do inglês “Call to Action”, um CTA é literalmente “uma chamada para ação”, que incentiva o usuário a executar o que está sendo indicado.

Um CTA pode ser aplicado em diversos formatos (como hiperlinks, botões, imagens e etc), mas sempre em locais estratégicos, que tenham relação com o que o usuário está consumindo e o que ele procura, estabelecendo interações e motivando o usuário a seguir para o próximo passo.

Neste artigo apresentamos passos que mostram como criar e aplicar um CTA projetado graficamente no formato de banner, de modo a conquistar a atenção do usuário e convidá-lo a clicar na chamada.

Como criar um banner CTA?

Uma das etapas do processo de Inbound Marketing é a divulgação de materiais educativos através de banners no site da empresa, em e-mails, ou redes sociais.

Quando o usuário clica em um banner como este, provavelmente será redirecionado para uma Landing Page, onde ele poderá fazer download do material. Considerando que existe um destino bem definido para encaminhar o usuário (Landing Page do material), a mensagem e a linguagem visual de um banner CTA precisam ser o “vendedor de uma ação”. O foco não será exclusivamente o clique no banner, mas sim o “clique qualificado”, que é quando o usuário tem uma consciência maior do objetivo do próximo passo, e passa tranquilamente pela conversão na Landing Page, tornando-se um lead qualificado.

Diante deste desafio, criamos um breve passo-a-passo para o processo de criação do seu banner CTA:

Passo 1: Exija um bom briefing!

Em qualquer projeto gráfico, é sempre muito importante ter um briefing completo do material que será desenvolvido para que o projeto possa ser entregue de maneira coerente. Quando um banner de divulgação de um eBook precisa ser criado, devem ser levadas em consideração algumas informações, tais como:

  • A mensagem a ser passada ao público;
  • O direcionamento que ele dará ao usuário;
  • O local onde será inserido o banner;
  • As suas dimensões.

Passo 2: Utilize um mockup do material!

Se você está divulgando um material é importante ter uma imagem representativa dele, afinal atrairá mais a atenção do usuário. No caso de materiais educativos, como eBooks por exemplo, podem ser utilizados mock-ups em 3D de livros, tablets ou até telas de computadores.

Para entender mais sobre este assunto, confira  nosso artigo, que descreve o que considerar na Arte da Capa do eBook?

Passo 3: Crie um texto convidativo!

O tempo que um usuário dedica atenção para elementos dentro de um site é curto, portanto o texto deve ser direto e convidativo. Geralmente se utiliza o nome do material, acompanhado de uma frase atrativa e imperativa, que estimule o desejo do usuário em adquirir o material, como por exemplo: “Faça download grátis”.

Passo 4:  Siga uma linguagem visual coerente!

Além do banner ser atrativo para ganhar atenção do usuário, ele deve seguir o estilo visual do cliente para o qual o material foi criado. É importante estar atento aos elementos gráficos utilizados,  seguindo uma linha de fontes, cores e imagens. Além disso, é importante verificar o local onde o banner será inserido, para que ele possa se destacar dos outros elementos e do background da página.

Passo 5: Crie um “botão” para seu banner CTA!

Adicionar um botão na arte do CTA é o passo final para direcionar o usuário para a ação. Ele deve acompanhar o estilo visual do banner, porém deve ser o elemento de maior destaque. O botão também deve acompanhar alguma chamada curta e direta que chame o usuário para ação, como por exemplo “Download aqui”.

Onde inserir um banner CTA?

É muito comum o debate sobre o local onde aplicar um CTA, de modo que ele auxilie no aumento  das taxas de conversão. Na prática, como o formato e elementos de uma página variam muito conforme o layout do site onde ele será inserido, é imprudente citar qual o melhor local para adicionar o seu CTA, já que testes e análises dos resultados são a melhor forma de observar estrategicamente esta questão.

Apesar disso,  é comum um banner CTA ter melhores resultados, quando inserido como rodapé, final de um artigo de blog, relacionando o assunto do artigo com o material oferecido. Banners CTA também são comumente aplicado em laterais de blog, ou até mesmo na home do site.

Em determinados casos podem existir algumas exigências características de onde serão exibidos. Um exemplo são os banners CTAs criados para serem divulgados no Facebook, em que a imagem deve ter no máximo 20% de texto quando combinados com a publicidade online dessa rede.

Para finalizar o nosso artigo, apresentamos aqui alguns exemplos de banners que criamos para nós e para nossos clientes e que tem gerado um grande número de cliques qualificados.

MC_CTA_Whitepaper_Inadimplencia

IG_CTA_Whitepaper_Cogeracao

Gostou do artigo? Agora é a hora de colocar as dicas aprendidas em prática!

Compartilhe o artigo com seus amigos e, se você já criou um banner de Call to Action, deixe um comentário sobre como foi sua experiência neste processo e quais foram resultados!

Você gostou do nosso artigo? Compartilhe nas Redes Sociais!

Content

Content

Artigo produzido pela nossa equipe de Content Marketing.
Content